Skip to Main content Skip to Navigation
Conference papers

Quando os números produzem formas - sujeito: a quantificaçao como prática de governo

Résumé : O presente trabalho objetiva problematizar a quantificação como prática de governo e assim repensar práticas, saberes, sujeitos/subjetividades que se produzem em espaços socialmente institucionalizados. Para tanto, coloca-se em operação o conceito de Numeramentalidade, cujas bases encontram-se nas filosofias de M. Foucault e L. Wittgenstein. A partir desse conceito e da problematização da proposta Etnomatemática, emerge a noção de Etnoestatística, para pensar sobre como os saberes estatísticos, em um quadro normativo, produzem, regulam, organizam diferentes práticas. Com esse quadro teórico-conceitual, mostra-se uma das formas pelas quais a normatividade numérica está implicada na produção e modificação de condutas desde um aspecto mais amplo, como a formulação de políticas públicas, até em um aspecto mais micro, como a ação pedagógica de professores em sala de aula. Ao final, propõe-se o termo ethostatística, na tentativa dar abranger toda uma normatividade numérica, expressa sob diversas formas e utilizada de diferentes maneiras para se agir sobre os modos de vida de sujeitos, grupos étnicos, populações, entre outros.
Document type :
Conference papers
Complete list of metadata

https://hal.inria.fr/hal-01097734
Contributor : Jean-Claude Regnier <>
Submitted on : Sunday, December 21, 2014 - 6:35:14 PM
Last modification on : Tuesday, May 19, 2020 - 12:38:05 PM

Identifiers

  • HAL Id : hal-01097734, version 1

Collections

Citation

Samuel Edmundo Bello Lopez, Jean-Claude Régnier, Renata Sperrhake. Quando os números produzem formas - sujeito: a quantificaçao como prática de governo. Encontro de Etnomatemática do Rio de Janeiro (ETNOMAT-RJ), Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense,, Sep 2014, Niteroi Rio de Janeiro, Brazil. ⟨hal-01097734⟩

Share

Metrics

Record views

246